Ilustrada no Pop

 

 

3 Minutos com...

3 Minutos com... Boy George

3 Minutos com... Boy George

Ex-líder do Culture Club (banda de synth-pop inglesa do início dos anos 1980, que deu ao mundo hits como "Karma Chameleon"), Boy George retorna a São Paulo para um show nesta terça (9 de setembro), às 22h, no Via Funchal (r. Funchal, 65; tel. 0/xx/11/3188-4148). O preço dos ingressos vai de R$ 140 (pista) a R$ 220 (camarote).

Ele falou rapidamente a este blog, por telefone. Entre outras coisas, diz que recentes problemas com a polícia não o afetaram e que agora é "uma nova mulher".

*****

Ilustrada no Pop - Como será a apresentação em São Paulo
Boy George - Será fabulosa! Claro que vai. O show é um mix de canções clássicas com algumas novas. Será um show deslumbrante. Tenho uma banda maravilhosa que toca comigo há vários anos.

Ilustrada no Pop - Como avalia sua nova fase, suas canções mais recentes? Vão na mesma linha das antigas?
Boy George - Claro que elas não são como minhas coisas antigas. Esta entrevista é igual à última? Claro que não. Tenho um single que sai em 12 de outubro. Para mim é melhor do que tudo o que fiz. Esse novo single é bem dance, com guitarra espanhola. Lembra um pouco "Generations of Love" [faixa de 1998, da carreira-solo de George].

Ilustrada no Pop - Você costuma se apresentar como DJ. É algo que gosta?
Boy George - Adoro discotecar. Na última vez que vim a SP, toquei como DJ e tive uma noite ótima. Mas cantar ao vivo é algo a que estou mais acostumado.

Ilustrada no Pop - Você teve de cumprir pena limpando lixo em Nova York por ter sido acusado de manter um rapaz em cárcere privado. O que pode falar a respeito?
Boy George - Há muitas coisas negativas na minha vida, é apenas isso o que querem ver... Eu prefiro relaxar. Mostrar às pessoas o brilhante artista que sou. O futuro é lindo. Não quero falar disso agora. Não afeta quem eu sou. Não quer dizer que minha vida seja apenas aquilo. É uma nuvem que será removida do céu. Eu mudei. Sou uma nova mulher.

Ilustrada no Pop - Há chance de uma reunião do Culture Club?
Boy George - Não. Nunca, nunca, nunca. Não preciso deles. Eles precisam de mim. Por que alguém gostaria de voltar à sua ex-esposa? A única razão para uma volta seria dinheiro. E eu não preciso de dinheiro. Ainda consigo pagar meu aluguel.

Escrito por Thiago Ney às 19h46

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

3 minutos com Daniel Galera

3 minutos com Daniel Galera

Escritor e torcedor do Grêmio, Daniel Galera é um dos integrantes do projeto Amores Expressos. Nessa série, escritores brasileiros passam um mês em uma cidade estrangeira e produzem livro a partir dessa experiência. Autor de livros como "Mãos de Cavalo", "Até o Dia em que o Cão Morreu" e "Dentes Guardados", Galera conversou com este blog sobre o projeto, sobre música e sobre futebol.

Escrito por Thiago Ney às 19h44

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

3 Minutos com... Cláudio Manoel

3 Minutos com... Cláudio Manoel

A Ilustrada desta segunda-feira (dia 24 de março) traz reportagem de Luiz Fernando Vianna sobre o documentário "Ninguém Sabe o Duro que Dei", que narra a trajetória do cantor Wilson Simonal (1939-2000) e que será exibido no festival É Tudo Verdade (dias 4 e 5 de abril, no Cinesesc, em São Paulo). Um dos maiores ídolos da música brasileira no final dos anos 1960/começo dos anos 1970, Simonal entrou em desgraça após ser conectado ao regima militar (ele teria sido informante do Dops). Conversei com um dos diretores do documentário, Cláudio Manoel (também humorista do Casseta & Planeta), que falou bastante (foram muito mais do que três minutos...) sobre Simonal e sobre o filme. Ouça aqui.

Escrito por Thiago Ney às 18h45

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

3 minutos com... Mark Ronson

3 minutos com... Mark Ronson

Nesta quinta (29/11), sai entrevista com Mark Ronson na Ilustrada impressa. Aqui, seguem 3 minutos da conversa com o cara que produziu discos de Lily Allen e Amy winehouse e que faz DJ set na quinta, no Royal, a “módicos” R$ 150.

IluPop - Além de você, produtores como Timbaland, Pharrell Williams e Danja estão ganhando tanto destaque quanto os próprios artistas que produzem. Estamos vivendo uma “era dos produtores”?
Mark Ronson - Os produtores realmente estão vindo à frente e fazendo mais e mais música pop. Hoje, um artista tem mais chances de ter um disco bem-sucedido se colocar o nome de alguém como Pharrell na capa. Muita gente comprou o último disco de Nelly Furtado porque ele foi feito junto com Timbaland. Há muita gente na indústria que vê da seguinte maneira: "OK, temos esse garoto, que não é bom cantor, como faremos para ele vender bem? Chama o Pharrell para produzir as músicas".
IluPop - Em SP você se apresenta como DJ. O que entra no seu set?
Ronson - Toco bastante coisa minha, mas pode entrar faixas de Blur, Baltimore Club, hip hop. E costumo misturar as canções de "Versions" com as originais.
IluPop - Você pretende fazer outro disco com Amy Winehouse?
Ronson - Vamos entrar  em estúdio em algum  dia de dezembro. Não queremos trabalhar sob nenhuma pressão. Sabemos que muita gente estará aguardando esse disco dela.
IluPop - Com quais artistas você gostaria de trabalhar?
Ronson - Há muita gente que gostaria de produzir, principalmente bandas novas... Gostaria de produzir Wale, um rapper de Washington muito criativo. Tem também a Adele, uma cantora de Londres que é muito boa. Gosto de trabalhar com gente nova e talentosa.

Escrito por Thiago Ney às 18h03

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

3 Minutos com... Lovefoxxx

3 Minutos com... Lovefoxxx

A terceira pessoa mais descolada do mundo. Essa é Lovefoxxx, a vocalista do Cansei de Ser Sexy, segundo a "Cool List" promovida pelo semanário britânico "New Musical Express" e divulgada nesta semana (no ano passado, ela estava na 10ª posição.). Simon Taylor-Davies, guitarrista do Klaxons e namorado de Lovefoxxx, também está na lista, ao lado de seu companheiro da banda Jamie Reynolds.


Esta é Lovefoxxx, clicada pelo Simon Taylor-Davies

Lovefoxxx, que se apresenta com o CSS neste sábado, dentro do festival Planeta Terra, em São Paulo, conversou com o blog sobre a lista e sobre quem ela acha a pessoa mais cool do mundo.

Ouça aqui a entrevista com a Lovefoxxx 

Escrito por Thiago Ney às 15h55

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

3 Minutos com... Chris Anderson

3 Minutos com... Chris Anderson

O norte-americano Chris Anderson, 45, é um dos gurus da web 2.0 e não apenas porque edita a principal revista do ramo, a "Wired": o cara criou uma teoria, chamada de "long tail", que se tornou extremamente popular porque explica bem o novo funcionamento da economia a partir do advento da internet. Entrevistei ele pra Folha (a matéria deve sair na semana que vem) e aproveitei para fazer nosso tradicionais 3 minutos de conversa solta, que você pode conferir no áudio original em inglês, abaixo, ou na versão escrita e traduzida, mais abaixo.

Ouça aqui a entrevista com Chris Anderson.

 
Ilustrada no Pop: Presumo que você tenha um tocador de mp3 portátil, certo? O que tem nele?

Chris Anderson: Oh, meu Deus, tenho 22 mil faixas!

IlusPop: Ok, deixe-me mudar a questão: o que você acrescentou recentemente, o que escuta mais?

Anderson: Ele está em modo aleatório, então não sei o que eu escuto mais. O que eu acrescentei recentemente... o "Cross", novo álbum do Justice, estava ouvindo de novo um álbum do Lemon Jelly, não consigo me lembrar, só tenho playlists e coisas variadas que as pessoas me mandam.

IlusPop: Como deve ser um bom blog de música pop?

Anderson: Ainda não achei um, leio muitos, mas não encontrei um perfeito para mim ainda. Assim como não existe uma lista do tipo Top 40 que sirva para todo mundo, talvez não haja um blog de música perfeito porque o gosto de ninguém combina perfeitamente. De modo geral, acho que [um bom blog] tem de ser consistente, e com isso não quero dizer que deve se restringir a um gênero [de música], mas deve ter uma visão de mundo bastante clara, você tem de ser capaz de dizer rapidamente qual é o gosto do blogueiro e se você concorda ou não com ele. Uma vez que você concorda com ele, então você confia em suas recomendações. É engraçado, eu não presto muita atenção em blogues de música, sou mais interessado em playlists, acho um modo mais fácil de processar as recomendações de uma pessoa e ver seu gosto. Sou mais inclinado a assinar uma playlist do que um blog, não sei por quê, talvez porque seja um pouco estranho ler sobre música quando você deveria ouvir música.

IlusPop: É, você tem um ponto aí, mas não é tão simples colocar música em blogues de modo legal, as gravadoras reclamam.

Anderson: Do jeito que eu faço, com playlists do iTunes ou do Rhapsody, é tudo de graça, fácil e legal. Você tem razão, para os blogues é um pouco complicado, mas eu não consumo minha música a partir de blogues.

 

Escrito por Marco Aurélio Canônico às 14h10

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

3 minutos com...

3 minutos com...



Ney Matogrosso estréia na quinta que vem (18/10), em São Paulo, seu show "Inclassificáveis" -título que vem da música homônima de Arnaldo Antunes (e que este cantava com o saudoso Chico Science). Fiz uma entrevista com o cantor para a Ilustrada (sai em algum momento da semana que vem) e aproveitei o embalo para três minutos de prosa mais informal sobre a fase mais pop rock de sua carreira, o começo com o Secos & Molhados, na década de 70 (em plena ditadura militar), quando Ney subia no palco (e aparecia nos discos) com a cara pintada e um visual andrógino -estilo que ficaria conhecido como glam e que, aqui no Brasil, rendeu ameaças à vida do cantor.

Escrito por Marco Aurélio Canônico às 16h10

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

3 minutos com...

3 minutos com...

André Porto/Folha Imagem

Toda semana, reservaremos três minutinhos deliciosos com entrevistas que se propõem a apresentar uma faceta aparentemente desconhecida, misteriosa de alguma personalidade. Na estréia, ligamos para Sandy, que conta detalhes sobre sua vida na faculdade (ela cursa letras na PUC de Campinas) e comenta sobre uma disputa de boxe com Supla...

Ouça a entrevista com a Sandy

Escrito por Ilustrada no Pop às 15h36

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Ilustrada no Pop é uma extensão da cobertura do caderno Ilustrada da Folha.

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.